Missão

A PLATAFORMA MUNDAR

O “Concurso Mundar” surge na sequência do trabalho desenvolvido pelo Programa Escolhas desde 2001, ao nível da participação, capacitação e autonomia dos jovens.

O Programa Escolhas tem apostado, através das suas áreas estratégicas de intervenção, na criação de ações que incentivem os jovens a apresentarem as suas ideias, a criarem projetos, organizarem ações em prol dos seus interesses e da sua comunidade, visando desta forma a sua gradual emancipação.

Na 1ª edição do concurso que decorreu entre Setembro de 2013 e Setembro de 2014, o desafio foi lançado exclusivamente aos jovens participantes dos projetos financiados pelo Programa Escolhas (5ª geração) que com o apoio das equipas técnicas dos projetos escolhas locais levaram a concurso 149 ideias com vista à sua aprovação e obtenção de uma bolsa no valor máximo de 2.500€ para a concretização das ideias apresentadas.

No âmbito deste concurso, as ideias selecionadas pelo júri beneficiaram de apoio ao nível do desenvolvimento e melhoria das mesmas - por forma de reuniões individuais - com vista ao impacto, e sucesso da sua implementação.

Desenvolvido em parceria pelo Programa Escolhas, pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Torke+CC, o Concurso Mundar apoiou, nas suas duas edições, um total de 47 “ideias” que concretizaram projetos de vida, melhoraram as comunidades dos jovens e ou criaram soluções para problemas sociais.

Face ao impacto do Concurso Mundar nas suas 1ª e 2ª edições e considerando o sucesso resultante da implementação das “ideias” então aprovadas, o Programa Escolhas e a Fundação Calouste Gulbenkian consideram pertinente renovar a sua aposta no empreendedorismo e na capacitação dos jovens, lançando uma nova edição deste Concurso.

Esta plataforma visa ainda constituir-se como uma “Bolsa de ideias Jovem”, que sirva de inspiração para todos os jovens que pretendam mudar o “seu” mundo e dar a conhecer as suas propostas de intervenção a um público mais vasto, nomeadamente a potenciais financiadores.

São destinatários do MUNDAR:

Jovens dos 16 aos 30 anos, desde que as suas ideias se enquadrem nos eixos de intervenção definidos pelo concurso e que apresentem a(s) sua(s) ideia(s) através de um projeto Escolhas.

SOBRE O PROGRAMA ESCOLHAS

O Escolhas é um programa governamental de âmbito nacional, criado em 2001, promovido pela Presidência do Conselho de Ministros e integrado no Alto Comissariado para as Migrações – ACM, IP, cuja missão é promover a inclusão social de crianças e jovens de contextos socioeconómicos vulneráveis, visando a igualdade de oportunidades e o reforço da coesão social.

Atualmente na sua 6ª geração, a qual decorrerá até 31 de dezembro de 2018, o Programa Escolhas (PE) irá financiar 90 projetos, 88 em território nacional e duas experiências internacionais, no Luxemburgo e Reino Unido, os quais poderão ser renovados anualmente até final de 2018. Paralelamente o Regulamento do Programa prevê que possam ser financiados novos projetos para os anos de 2017 e 2018, estimando-se que o número de projetos financiados possa chegar a 130 no final do ano de 2018.

O Programa Escolhas é financiado pela Direção Geral de Educação e pelo Instituto da Segurança Social e conta com o co-financiamento do Fundo Social Europeu/Portugal 2020 e Programas Operacionais Regionais de Lisboa e Algarve.

A Resolução do Conselho de Ministros nº 101/2015 que renova o Programa Escolhas para o período de 2016 a 2018 e o Despacho Normativo nº19 - A/2015, publicado em Diário da República, 2ª Série nº 199, de 12 de Outubro de 2015, que enquadra o Regulamento do Programa Escolhas, podem ser consultados em www.programaescolhas.pt.

SOBRE A FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

A Fundação Calouste Gulbenkian é uma instituição portuguesa de direito privado e utilidade pública, cujos fins estatutários são a Arte, a Beneficiência, a Ciência e a Educação. Com mais de 50 anos de existência, a Fundação Calouste Gulbenkian desenvolve uma vasta atividade em Portugal e no estrangeiro através de iniciativas próprias, ou em parceria com outras entidades, e através da atribuição de subsídios e bolsas. O Programa Gulbenkian de Desenvolvimento Humano, criado em 2009, tem como missão incentivar e facilitar a inclusão dos grupos mais vulneráveis da população.

SOBRE A TORKE+CC

É uma boutique agency de consultoria criativa com presença internacional com escritórios em Lisboa, São Paulo e Benelux. É também, e mais importante, a fusão de pessoas com diferentes experiências e formas de pensar, mas com um mesmo objetivo: Desenvolver ideias globalmente relevantes. Trabalha a criatividade de forma colaborativa e transparente, num processo focado no conteúdo a designado por Handcrafted Ideas: em que a melhor solução determinará o suporte do resultado. Soluções personalizadas e à verdadeira medida de cada desafio.

Bolsas de Apoio

No âmbito da 3ª edição do Concurso Mundar será atribuído um apoio financeiro até ao máximo de 2.500€, às melhores ideias selecionadas pelo júri do concurso (até 30 ideias).

Este apoio está condicionado entre outros critérios, à relação custo/benefício da ideia proposta, onde será analisada a sua exequibilidade, assim como a capacidade de angariação de apoios adicionais (financeiros, logísticos, humano, entre outros), junto de outras entidades públicas e privadas.

Uma Parceria:

Promovido por:

Financiado por:

Cofinanciado por:

Estratégia e Comunicação: